"Um dia, eu também quero plantar meus versos em algum lugar concreto e, depois de um tempo, colher uma dúzia de palavras bonitas. No momento, em cada muda, uma nova poesia espera silenciosamente a estação certa para germinar e florescer." [Antônio]